Descrição

CD Ney Matogrosso – Ney 80 anos

Ney Matogrosso chegou aos 80 anos no dia 1º de agosto de 2021 como um dos maiores intérpretes do Brasil. Para homenageá-lo, será lançada a compilação com 16 faixas. A grande surpresa de Ney 80 Anos é o resgate das primeiras canções que Ney gravou, anos antes de entrar para o grupo Secos & Molhados, e que permaneciam inéditas nas plataformas digitais: Tema de Maria (esta nunca reeditada nem mesmo em CD) e A Estrada Azul. Ambas fizeram parte da trilha sonora do filme Pra Quem Fica…Tchau (1970), de Reginaldo Faria, também autor das músicas – A Estrada Azul tem letra de Paulo Mendonça. O álbum vai do rock de Raul Seixas (Metamorfose Ambulante) à sofisticação da dupla Sueli Costa e Tite de Lemos (Açúcar Candy), passando por Odair José (Cante Uma Canção de Amor) e por canções representativas de Luli e Lucina (Bandolero, Me Rói, Pedra de Rio), amigas fundamentais do artista. Há também a lembrança de duas músicas dos Secos & Molhados regravadas por Ney em discos solo: Sangue Latino (João Ricardo e Paulo Mendonça) e Rosa de Hiroshima (Gerson Conrad e Vinicius de Moraes) Não ficam de fora sucessos que marcaram a trajetória de Ney, como Bandido Corazón (Rita Lee), Coubanakan (Moises Simons/Chamfleury/Sauvat) e a versão em formato disco music de Não Existe Pecado ao Sul do Equador (Chico Buarque e Ruy Guerra), feita originalmente para o espetáculo Calabar: O Elogio da Traição (1973).

Faixas:
1. Sangue Latino
2. Bandido Corazon
3. Coubanakan
4. Metamorfose Ambulante
5. Bandolero
6. Pedro de Rio
7. Cante uma Canção de Amor
8. Açucar Candy
9. Me Roi
10. Último Drama
11. Rosa de Hiroshima
12. América do Sul
13. Não existe Pecado ao Sul do Equador
14. Tem Gente com Fome
15. Tema de Maria – Faixa Bônus
16. A Estrada Azul – Faixa Bônus

Informação adicional

Peso 0.150 kg
Dimensões 19 × 17 × 2 cm
Gravadora

Som Livre

Gênero(s)

MPB

Mídia

CD

Artista

Lançamento 01 de agosto de 2021
Versão
Álbum Ney 80 anos

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “CD Ney Matogrosso – Ney 80 anos”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *